top of page
Blog
Posts Em Destaque

Transmutação

Toda borboleta já foi lagarta.


Eu mesma já fui lagarta, e desconfio que ainda traga partes dela dentro de mim.

Como lagartas, já rastejamos por aí, cheios de espinhos, amargurados, irritados, reativos, egoístas e ingratos.


Ferimos pessoas que amamos porque estávamos feridos, cansados, exaustos.


Nos tornamos autoindulgentes, exigentes, rabugentos e defensivos.


Localizo em minha trajetória mais "momentos de lagarta" do que gostaria de lembrar rs.

A metamorfose para borboleta surge da nossa insatisfação com antigos métodos de solução que já não nos servem mais, e de suas consequências: perdas, exposição, culpa, e sofrimento.


O sofrimento, por si só, não gera mudança.


É preciso "sofrer certo" para criar hipóteses, buscar respostas, apostar em novos caminhos.

Sofrer certo é implicar-se no resultado.


É aceitar que fizemos o melhor que pudemos com o que tínhamos, mas que queremos fazer muito melhor da próxima vez.


Sofrer certo é assumir que erramos querendo acertar.


Sofrer certo é perceber que o seu grau de sofrimento ou indignação não interfere na solução necessária para um problema.


"Sofrer certo" é entender que nenhum problema é maior do que suas possibilidades de solução.


"Sofrer certo" nos libera para um lugar de autocompaixão e paz, condição para todo aprendizado e transmutação.


"É preciso paz pra poder sorrir. É preciso a chuva para florir." Almir Satter.

Comments


Procurar por tags
Nenhum tag.
Posts Recentes
full_trimmed_transparent_customcolor_edi
  • WhatsApp Dra. Juliana Rosano
  • Instagram Dra. Juliana Rosano
  • Facebook Dra. Juliana Rosano
  • YouTube Dra. Juliana Rosano
bottom of page