top of page
Blog
Posts Em Destaque

Dialogar para respeitar.





Para dialogar é preciso :



- Compreender que agimos com base nas nossas necessidades prioritárias e os outros também.



- Não existe necessidade errada: você não deveria querer isso, você não pode se sentir assim…



- Respeitar a necessidade do outro não é entender ou concordar… é res - pei- tar!



- Realizar pedidos claros.



- Pensar em propostas provisórias que satisfaçam ambas as partes. Negociar…



- Compreender que o momento, a escolha de palavras, e principalmente a INTENÇÃO com que dialogamos ( promover a conexão ou a competição?) tem maior impacto na relação do que os argumentos utilizados.



- Perfis psicológicos com crenças rígidas, controladores, com convicções enraizadas e visão polarizada de “ certo e errado”, “ bom e ruim”, “mocinho e bandido” terão mais dificuldade em negociar.



E vale a pena ressaltar que:



O propósito do diálogo é a conexão.



O diálogo não se propõe a convencer ou persuadir o outro sobre a nossa verdade.



O diálogo não intenciona argumentar a importância de impor nossas necessidades sobre as necessidades do outro.



O diálogo não convence nem vence.



O diálogo compartilha, preserva e conecta o que há de melhor entre nós.

Comments


Procurar por tags
Nenhum tag.
Posts Recentes
full_trimmed_transparent_customcolor_edi
  • WhatsApp Dra. Juliana Rosano
  • Instagram Dra. Juliana Rosano
  • Facebook Dra. Juliana Rosano
  • YouTube Dra. Juliana Rosano
bottom of page