Síndrome de Burnout: O Esgotamento Profissional. Parte l.


A Síndrome do Esgotamento profissional é uma doença ocupacional causada por fatores relacionados ao processo de trabalho, ao gerenciamento das relações no ambiente profissional e aspectos de personalidade do paciente. É uma doença capaz de transformar profissionais de alto engajamento em pacientes deprimidos com baixa estima. Ou mesmo funcionários engajados em seres irônicos, ressentidos e desesperançados. Também conhecida como Síndrome do Esgotamento profissional, a Síndrome de Burnout, apresenta três características principais. * Esgotamento profundo:

Sensação de estar completamente consumido, como um fósforo. * Queda de rendimento profissional: O profissional não consegue mais realizar as tarefas que fazia no trabalho. Comete erros, esquece prazos. Apresenta queda global da produtividade. * Frustração e Desanimo: Alguém que antes " vestia a camisa da empresa" e participava ativamente das propostas passa a apresentar profunda insatisfação, aversão e desinteresse pelas demandas da empresa. Quer saber mais? No próximo post vamos conversar sobre a Influencia do Processo de Trabalho no Desenvolvimento da Síndrome de Burnout.

82 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo